MARGARINA


Bom, se é tudo verdade eu não sei, mas, a parte de não poucar nem mosca das mais insignificantes é verdade...

MARGARINA

-  Tem teor altíssimo de ácidos graxos tipo trans;
-  Triplica o risco de doenças coronarianas;
-  Aumenta o nível de colesterol total e o de LDL (o "mau" colesterol);
- reduz o nível de colesterol HDL (o "bom" colesterol);
- aumenta, em cinco vezes, o risco de câncer;
- reduz a qualidade do leite materno;
Deprime a resposta imunológica;
- reduz a reação insulínica...
E o fato mais perturbador: a diferença entre o plástico e a margarina é de UMA MOLÉCULA.

Basta saber disso para evitar, por toda a vida, a margarina e tudo o que for hidrogenado (isto significa que acrescentaram hidrogênio, mudando a estrutura molecular da substância).

Você pode experimentar por si mesmo.
Compre uma embalagem de margarina e deixe-a aberta em sua garagem ou algum lugar sombreado. Em poucos dias, você vai notar duas coisas:

- nenhuma mosca (nem aquelas terríveis mosquinhas das frutas) vai chegar perto dela (isso deveria lhe dizer alguma coisa);
- não vai apodrecer, nem ficar com cheiro esquisito.

Como não tem nenhum valor nutritivo, nada crescerá nela, nem mesmo aqueles microrganismos minúsculos encontrarão ali um lar para viver.

Por que?
Porque é quase plástico.
E você derreteria seus potes de plástico para passar no seu pão?

Texto originalmente publicado no site do Dr. José Geraldo Ferreira Gonçalves, do Instituto de Patologia Clínica Hermes Pardini
(
http://www.hermespa

3 comentários:

Filipa disse...

Não sei que raiiioooo de margarina vocês têm aí no Brasil, mas aqui em Portugal, as moscas atacam-lhe bem. Tanto na manteiga como na margarina... Comecem a comer coisas portuguesas :D

Esc disse...

Filipa,
Não é a MArgarina ainda "boa" que o texto diz, e sim depois que ela derrete xD

Mah disse...

Eu só sei que se plástico derretido tivesse esse gostinho delicioso de margarina/manteiga, eu continuaria comendo plástico no pão com certeza! xD

Quanto a história das mosquinhas brasileiras X portuguesas, depois vou experimentar uma de lá para saber se além de 'saudaveis' a humanos e moscas são gostosas com as de cá. rss