Caso Uniban

Muitos viram e outros tantos ainda vão ver o que ocorreu na UNIBAN, no campus de São Bernardo do Campo na ultima quinta-feira dia 22/10, por falta de espaço, não vou conseguir falar isso em 140 caracteres no Twitter e nem vou comentar no blog que mais vi pessoas que eu sigo dando 'Retuite'; irei falar aqui, no blog em que faço parte e tenho espaço para falar o que quiser e se alguém concordar ou não que comente (ou não).

Resumão: O fato que ocorreu foi que uma garota vestida com - pelo que entendi no post - uma maxi blusa que permitia uma visão um tanto quanto 'privilegiada' de seu corpo chamou atenção de vários estudantes, que começaram a cercá-la, falando cantadas de baixo nivel, até que ameaçaram estuprá-la, fazendo com que ela se trancasse em uma sala para sua própria segurança, mas não para por aí, meia faculdade se uniu em coro para chamá-la de puta.

Minha opinião: eu sinceramente acho que isso é um absurdo e algum outro adjetivo que mesmo dando uma olhada no dicionário não consegui encontrar, por vários motivos, alguns deles:
[Sarcasmo é encontrado em algumas partes do que está escrito abaixo]
[Caso esteja com pressa pule para o final na parte "Chega de Blablala"]

A Garota:
- Ela estava indo para a faculdade para estudar, certo? Achei que para isso se utilizasse de roupa;
- Se ela queria chamar atenção devido ao tamanho de sua roupa ou os dotes de seu corpo, parabéns, conseguiu (não da forma como queria, mas nem tudo é como queremos);
- Ela tem tanto o direito de andar como bem entender que provavelmente mesmo depois desse episódio ela continuará mantendo o padrão curto que deve usar sempre para ir á faculdade...

Os caras que ficaram perseguindo a garota:
- Eles não devem ter irmã, mãe ou alguém do sexo feminino na família, pois se deve respeitar as mulheres e eles passaram LONGE disso;
- Se eles ameaçaram a garota de estupro deveriam estar presos e sentir na pele como é bom passar pelo o que eles queriam fazer a garota;
- Depois do que ocorreu da para entender que eles não devem ter namorada e tals... mas pornografia está aí não é mesmo, vá estudar um pouco de cinema com Belladonna, Silvia Saint, Eva Angelina e todas mais que a wikipedia diz existir (e que sites porno estão aí para provar que existem)
- Eles pelo jeito não estão na faculdade para estudar, se alguém sustenta a faculdade deles, cancele o pagamento a partir de agora, NOW #ficadica

A universidade:
- Pelo visto eles não tem nenhuma regra quanto ao vestuário das pessoas que ali estão, se alguém chegar sem camisa, de sunga, ou então com um short que parece cinto, 'tá tranquilo, por que se tem, porque permitiram a garota entrar sem nenhum aviso? (onde estudo já vi garota chorando em dia de prova pedindo pelo amor de Deus uma calça, por que de nano-saia para fazer prova não rola - se ela achava que 'dava para passar' funcionava, ficou com zero);
- Segurança também é algo que não existe mesmo sendo uma faculdade tão grande, afinal de contas a situação só foi resolvida com a policia presente;
- Após ver o vídeo no youtube com a faculdade em peso nos corredores para saber o que estava ocorrendo percebe-se que estudar ali é para poucos - ou ninguém;
- Os universitários além de perder toda educação que um dia eles deviam ter recebido, não tem o menor respeito pelo professor também;
- E varias outras coisas que mostram que todos aqueles alunos não tem o que fazer e o que estudar, estão ali apenas a passeio e só mostram quem são e se unem para uma causa, quando esta causa é humilhar uma jovem.

A sociedade (falo pelos comentários que li):
- As pessoas querem comparar o que a garota vez com as mulheres (semi?) nuas do Carnaval, pelo amor de Deus, só porque fazem isso no carnaval, está liberado? Mulheres nuas sendo expostas na Tv como tem sido tem que ser um absurdo sempre, se você não acha isso, imagine uma criança (garota) achando que aquilo é bonito e o certo, acreditando que aquele é o ideal... Aí as coisas mudam não é mesmo? Até para 'exibir' pouca roupa tem hora e local.
- Desde quando se ela fosse carioca ou se estivesse no Rj seria normal? Eu sou carioca, não ando nua e nem próxima disso! Que preconceito é esse que no Rj só tem nano-roupa?
- Só porque usa roupa curta é puta? Já vi garotas de programas muito bem arrumadas e cobertas! Preconceito com a garota e com as profissionais.
- Vi gente falando que ela não devia ter dinheiro para comprar roupas maiores... Seguindo a lógica, então tem menos pano então é mais barato. Claro, claro... Só me diz aonde que tem isso de pagar de acordo com o tamanho que vou economizar ao comprar minhas roupas tamanho P!

Chega de Blablabla, o que quero dizer é que:
1 - A garota tem o direito de andar como quiser, mas se estiver de alguma forma sendo atentado ao pudor, não julguem com as próprias mãos, não se tornem criminosos, denuncie a alguma autoridade pertinente, nem que seja ao guardinha da faculdade;
2 - Alunos da Uniban que não querem estudar, passem a estudar, falta muita educação a vocês ainda.
3 - Alunos da Uniban que estudam, passem a ter voz em vez de ficar apenas olhando o circo pegar fogo, já que vocês mostraram que são unidos e sabem gritar em coro por algo, se unam para algo útil!
4 - Vitimas de estupro não são escolhidas pela não-roupa que estão usando, dados estatísticos muitas vezes falam o contrário, então não vem com esse preconceito elevado a enésima potencia falando m*, pois NENHUMA mulher (em perfeito estado psicológico) ia querer ser estuprada! #fato
5 - Todos estavam errados, a garota por não ir preparada para subir escada sem exibir certas coisas, a universidade por não ter regras em relação a isso e nem inspetores/seguranças para resolver problemas de forma rápida, os alunos que não cometeram um crime por muito pouco, outros alunos que humilharam gratuitamente uma pessoa, a sociedade por ter valores morais TÃO deturpados e por ser tão hipócrita.

Espero não ter ofendido ninguém, se ofendi essa não era minha intenção, caso a garota venha a ler isso (coisa que não creio), você tem o direito de se vestir e agir como quiser. Não a julguei, apenas falo da reação das pessoas ao que houve.

Vi o que houve Aqui
Post que cita o que houve que achei interessante e compara ao #ligirieday Aqui

3 comentários:

Esc disse...

Muito pertinente o post.

Sua linha de pensamento sobre as partes é certa mesmo.

O lance é que vivemos um um Pais, alias em um continente MUITO hipócrita, a turma é guiada pela TV/igreja/pseudo estudos e acham que sacam muito das verdades e do que é certo e errado.

Anônimo disse...

povo ignorante e não sabe se conter, tem os invejosos, pois um corpo bonito chama atenção e tem aqueles que nem conseguem falar com qualquer mulher que seja, ainda mais uma mulher que chame atenção esses caras que fizeram isso se tremem perto de uma mulher bonita.

Rafael Simões disse...

Concordo com você Mah. Embora a garota seja a mais inocente dessa história, ela deveria imaginar que usando uma roupa dessas ela atrairia todo esse tipo de atenção, levando as pessoas a pensarem absurdos - e no mal sentido - a seu respeito.

Não consigo entender como alunos de uma faculdade conseguem ser capaz de tamanho preconceito, eles deveriam ser espertos não é mesmo?

E por mais que eles não tenham estuprado a garota, eles a ofenderam e a humilharam, tirando o fato de terem ameaçado ela, o que já é considerado crime.

Descobri que você tinha blog hoje, passarei mais vezes aqui.

Beeijos Mah.